Boviplan firma parceria para fazenda experimental

A empresa de consultoria agropecuária Boviplan e a universidade Unifeob firmaram parceria para o desenvolvimento de uma fazenda experimental no município de São João da Boa Vista, Estado de São Paulo. A criação de um centro para o desenvolvimento de pesquisas agropecuárias é uma das novidades que a Boviplan preparou para o ano do seu 35º aniversário. Esta parceria permitirá à empresa intensificar a prestação de serviços em experimentação científica ligados à produção agropecuária, atividade que a empresa realiza desde a sua criação. “A realização de experimentos científicos está no sangue da Boviplan desde o seu início, e ter uma área específica para realizar este tipo de atividade sempre foi um desejo nosso”, explica Rodrigo Paniago sócio da Boviplan.

A fazenda pertence ao Campus II da Unifeob, que abriga os cursos de Engenharia Agronômica e Medicina Veterinária, possui área de 145 hectares, salas de aula, anfiteatro para 120 pessoas, laboratório, campo agrostológico e curral para manejo do gado. Os experimentos que serão realizados na fazenda visam à validação de produtos, em parceria com empresas do setor privado, e modelos de produção agropecuária, tais como lavoura de grãos, produção intensiva de pecuária a pasto e confinada, em parceria com empresas do setor privado e instituições públicas de pesquisa agropecuária.

unifeob_fazenda

Os primeiros experimentos, que ocuparão 28 hectares, iniciam já nesse semestre e tem como foco o sistema de integração lavoura e pecuária (ILP). “No dia a dia da consultoria nos deparamos com diversas lacunas de conhecimento em relação aos modelos de integração, esperamos encontrar as respostas aqui nos nossos experimentos para prestar um serviço mais assertivo em relação à ILP aos nossos clientes”, afirma o Engenheiro Agrônomo e consultor da equipe Boviplan Guilherme Valle, que será o responsável pelas pesquisas na fazenda experimental.

Mas a parceria da Boviplan e Unifeob não para por aí, a fazenda experimental ainda será palco de um centro de difusão tecnológica em agropecuária e capacitação de futuros profissionais da área de agrárias. Para tanto, foram selecionados estagiários dos cursos de agronomia e medicina veterinária da Unifeob que assumirão, sob a coordenação dos consultores da Boviplan, a gestão da fazenda e a condução dos experimentos.

Todos os experimentos serão oportunizados para a realização de dias de campo e demais eventos técnicos abertos ao público em geral. “Esperamos tornar a fazenda experimental um centro de referência em difusão tecnológica, realizando diversos eventos técnicos ao longo do ano, aproveitando o conhecimento gerado pelos experimentos e a ótima infraestrutura da fazenda”, explica Guilherme Valle.

A capacitação de futuros profissionais é um dos objetivos da parceria, segundo Rodrigo Paniago, a Boviplan enxergou a necessidade de antecipar o contato com os profissionais que poderão agregar à equipe da empresa, tendo em vista a demanda crescente por consultoria, motivada pela modernização da pecuária. “Um futuro consultor não sai pronto da faculdade. Mas podemos encurtar o tempo entre o recém-formado e o consultor, por isso resolvemos ir até à universidade influir na formação de futuros talentos. Graças a sua filosofia inovadora de ensino, a Unifeob aceitou a nossa proposta de pronto”, conta o sócio da empresa.

Segundo Paulo Lazzarini, coordenador do curso de agronomia e de parcerias estratégicas da Unifeob, a união com a Boviplan veio de encontro com os anseios da instituição em levar o dinamismo do mercado aos seus alunos. “A parceria com a Boviplan é uma ótima oportunidade para os nossos alunos, pois leva para dentro da universidade o dia a dia do mercado, a realidade onde eles atuarão depois de formados, especialmente no caso da Boviplan que atua tanto na área agrícola como na pecuária”.

Sobre a empresa: A Boviplan é uma empresa de consultoria agropecuária sediada em Piracicaba/SP, mas com atuação em todas as regiões do Brasil. Em 35 anos de atividade, já realizou inclusive assessorias em outros países, tais como: Angola, Bolívia, Colômbia, Cuba, Estados Unidos da América, Irã, México, Moçambique, Panamá, Paraguai e Venezuela. O foco de atuação da empresa é na transferência de tecnologias sustentáveis para o aumento da eficiência econômica de propriedades rurais.